Já pensou fazer seguro de sua festa de casamento?

Em meio a tantas notícias sobre golpes no segmento, cada vez mais casais têm buscado modalidades de seguro especializadas para se precaver de qualquer imprevisto em seus casamentos.  Grandes seguradores oferecem o serviço, que garante a segurança tanto se algum fornecedor faltar, quanto algum incidente que ocorra com um convidado.

Mas, antes de mais nada, vale a máxima de escolher bem os fornecedores. “Mais do que segurar o seu evento, cheque sempre as empresas que você vai contratar para fazer parte do seu sonho. Muito cuidado com preços e propostas milagrosas. Os grandes golpes do mercado começam por aí”,  afirma o cerimonialista César Serra, que coleciona quase 35 anos de experiência na organização de casamentos e outros eventos.

Patricia Siequeroli, do grupo segurador Banco do Brasil e Mapfre

Patricia Siequeroli, do grupo segurador Banco do Brasil e Mapfre

“Acreditamos que esse mercado ainda é tímido, mas com bastante potencial devido ao número de fornecedores que é preciso contratar para se fazer um casamento ou outro tipo de festa, que ganharam robustez nos últimos anos. Ao contratar um seguro, os organizadores ficam mais tranquilos, tendo em vista que estão respaldados contra qualquer imprevisto que possa colocar o grande dia em risco”, afirma a superintendente executiva de Produtos Massificados e Especiais do grupo segurador Banco do Brasil e Mapfre, Patricia Siequeroli.

A empresa oferece cobertura para eventos há quatro anos, com nove combos de contratação que incluem danos a terceiros e até furto de algum presente. “O custo varia entre R$ 300 a R$ 850, o que é um valor baixo se comparado aos custos de uma festa”, analisa Patrícia.

A apólice disponibilizada garante a indenização de prejuízos a uma série de situações que podem ocorrer antes, durante ou depois do evento, como danos acidentais aos trajes do casal ou aos presentes de casamento e avarias ocorridas durante a montagem/ desmontagem das estruturas. Também oferece cobertura de responsabilidade civil pelo serviço de buffet (alimentos e bebidas). No plano básico, que custa R$ 400, o seguro cobre prejuízos de até R$ 100 mil.

Aumento de 47% na procura

Outra empresa que oferece o produto é a Porto Seguro. Disponível desde 2013, a opção cobre casamentos, shows, grandes festivais, eventos esportivos e religiosos em espaços abertos, semiabertos e fechados, do início ao fim da ocasião, tanto para o segurado como para terceiros. Em 2017, a busca por esse seguro aumentou 47%.

Na cobertura básica, estão garantidos os danos corporais e materiais que sejam de responsabilidade dos organizadores e dos expositores. Com a contratação de coberturas adicionais, pode-se incluir danos morais, não utilização do local, instalação, montagem e desmontagem, guarda de veículos de terceiros, não comparecimento do artista ou pessoa designada, equipamentos eletroeletrônicos musicais e cinematográficos utilizados na realização do evento, entre outras.

Os preços das apólices dependem do valor gasto com o evento, dos serviços contratados e a da segurança necessária. Esse contrato pode ser realizado por pessoa física ou jurídica.

“O valor correspondente ao seguro é baixo em relação ao custo que o organizador ou expositor terá em caso de imprevistos, uma vez que as opções normalmente são customizados”, explica Jarbas Medeiros, superintendente de Ramos Elementares da Porto Seguro.

A empresa também facilita, por seus meios de comunicação, a consulta de custo para a realização da emissão de apólice online.

Serviço:
www.mapfre.com.br
www.portoseguro.com.br

O que achou desse post?
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *