Posts

Coleção César Serra by Vânia Ladeira é lançada em Brasília

Na noite desta quinta-feira (12/04), a artista plástica e designer Vânia Ladeira lançou a sua primeira coleção masculina no Museu Nacional de Brasília, no Conjunto Cultural da República. As peças apresentadas ao público foram inspiradas nas formas características arquitetônicas da capital para comemorar os 35 anos de carreira do produtor de eventos e cerimonialista César Serra. O evento contou com uma exposição com personalidades de Brasília fotografada por Bruno Stuckert.

Durante a noite de lançamento, Cesar contou que a coleção surgiu de uma brincadeira. Num evento de Vânia, ele comentou que havia poucas opções de jóias para homens, no mercado. Dois meses depois, a artista entrou em contato com ele para realizarem o projeto. Da concepção ao lançamento, foram quase nove meses de trabalho em conjunto.

Cerca de 40 peças compõem a coleção, que foi idealizada em meados de 2017, com modelos que fazem alusão a elementos chaves da cidade, como a pulseira JK e as tesourinhas que se tornaram trevos da sorte pelas mãos da designer. As criações são limitadas e os valores variam entre R$ 250 e R$ 20 mil. Em quase todas as peças a artista usou o fio retorcido, uma das características principais de seu trabalho.

Os acessórios masculinos são confeccionados em prata branca e negra e ouro nos tons rouge e amarelo. Algumas trazem diamantes negros, chocolates e off-white, além de gemas coloridas como topázio London, critrino Rio Grande, peridoto, lápiz-lazúli, malaquita e turmalina melancia. Anéis arquitetônicos, gargantilhas, abotoaduras, pulseiras, brincos, escapulários, e, ainda, alianças de compromisso e pontos de luz, estão presentes na coleção.

A inspiração

O conceito principal da coleção é desmistificar o uso dos acessórios pelos homens, que inclusive, podem também despertar o interesse nas mulheres e serem utilizados por elas. Na parceria, Vânia e César selecionaram 11 personalidades que se sobressaem em suas profissões e possuem uma relação especial com a cidade para modelarem com as joias em um ensaio dirigido pelo renomado fotógrafo Bruno Stuckert. São eles: Alexandre Albanese (chef de cozinha), Alexandre Carvalho (advogado), Christus Nóbrega (artista plástico), Bruno Stuckert (fotógrafo), Glauber Silva (atleta da natação), Leandro Augusto “Grillo Tatoo” Pedroso (tatuador), Gustavo “Guga Camafeu” Santana (músico), João Camargo (alfaiate), Luiz Paulo Machado (diretor da Febracis) e Ricardo Maia (cabeleireiro e maquiador).

O lançamento contou com a presença da maioria dos  fotografados. O buffet Cozinha do Mundo assinou o coquetel e o Duo Bar, o serviço de drinques. A ocasião também serviu para o lançamento do Bonevi Espumante Expresso, chancelado pela vinícola Garibaldi e que aposta numa nova maneira de servir a bebida em eventos, como já acontece com o chope.

Fotografia por Bruno Peres.

César Serra e Vânia Ladeira

César Serra e Vânia Ladeira

Os homens que posaram para o editorial de lançamento da coleção

Marília Turíbio e Vânia Ladeira

Marília Turíbio e Vânia Ladeira

Cuscuz Marroquino do Buffet Cozinha do Mundo

Cuscuz Marroquino do Buffet Cozinha do Mundo

Bonevi Espumante Expresso

Bonevi Espumante Expresso

Isadora Campos e Bruno Mendes

Isadora Campos e Bruno Mendes

Renata Diniz e Thiago Malva

Renata Diniz e Thiago Malva

Guga Camafeu

Guga Camafeu

Ricardo Maia

Ricardo Maia

Alexandre Albanese

Alexandre Albanese

 

Vânia Ladeira Design
Endereço: CLN 213 Bloco A Loja 19 – Asa Norte
Telefone: (61) 3349 0188

César Serra inspira primeira coleção masculina de Vânia Ladeira

O cerimonialista e produtor de eventos César Serra  inspirou a primeira coleção de joias masculinas da designer e artista plástica Vânia Ladeira. A série será lançada no próximo dia 12, às 19h, no Museu Nacional de Brasília.

Reconhecida internacionalmente por suas peças arrojadas e artesanais, Vânia concebeu 40 itens para celebrar o 35 anos de carreira de um dos maiores nomes do cerimonial brasileiro e criador do Luxo de Festa. Em sua trajetória, César concebeu milhares de casamentos em Brasília e outras cidades do país e também no exterior.   

“Pensamos em um homem urbano e que gosta de se adornar. O conceito desta coleção é agregar, partilhar e desmistificar o uso dos adereços pelos homens”, afirma a joalheira. Pensando nisso,  dupla convidou 12 homens de diferentes profissões para estrelar o editorial, clicado por Bruno Stuckert. O resultado será conhecido na noite de lançamento com uma exposição. Depois de Brasília, a coleção será apresentada em São Paulo, em agosto, e em outubro, em Estoril, Portugal.

Inspiração

A ideia da coleção César Serra by Vânia Ladeira surgiu em meados de 2017. A série traz várias referências à Brasília, como a pulseira JK e os anéis Paranoá, Athos Bulcão, Catedral, Museu da República e Palácio. A Tesourinha, por exemplo, transformou-se em trevo da sorte pelas mãos da designer. As peças têm tiragem limitada e preços oscilando entre R$ 500 e R$ 20 mil.

Praticamente toda a coleção apresenta o fio retorcido, elemento característico do trabalho de Vânia Ladeira. As peças foram confeccionadas em prata, branca e negra, e ouro, nos tons rouge e amarelo, com diamantes negros, chocolates e off-white. Há ainda gemas coloridas como topázio London, citrino Rio Grande, Peridoto, lápis-lazúli, malaquita e turmalina melancia.

Anéis arquitetônicos, gargantilhas, abotoaduras, pulseiras e brincos são algumas das peças criadas. Os escapulários trazem um novo conceito de utilização pelos homens ao apresentar medalhas com cravação dos nomes dos filhos e pets. Algumas peças podem ser usadas de formas diferentes, com correntes em metal ou com o couro trançado. A coleção inclui ainda alianças de compromisso e pontos de luz.

Parte das peças compõem o editorial fotografado por Bruno Stuckert, que inclusive é um dos personagens. Os outros convidados são Alexandre Albanese (chef de cozinha), Alexandre Carvalho (advogado), Christus Nóbrega (artista plástico), Bruno Stuckert (fotógrafo), Glauber Silva (atleta da natação), Leandro Augusto “Grillo Tatoo” Pedroso (tatuador), Guga Camafeu (músico), João Camargo (alfaiate), Luiz Paulo Machado (diretor da Febracis) e Ricardo Maia (cabeleireiro e maquiador).

Sobre Vânia Ladeira

Vânia Ladeira nasceu em Minas Gerais, na cidade de Barroso. Desde pequena, costurava, desenhava, pintava e bordava, mas foi no garimpo de seus irmãos que a designer se apaixonou pelas joias. A confecção de cada peça com a marca Vânia Ladeira é totalmente artesanal.

A designer acompanha desde a escolha e compra de cada pedra à concepção, passando pela fundição, a liga do metal e o controle de qualidade de cada item. Ela descobriu a arte de confeccionar joias com apenas uma bancada, fogo, ferramentas e habilidades manuais. O talento nato foi completado com o curso de Artes Plásticas da Universidade de Brasilia (UnB) e diferentes capacitações que a habilitaram a criar o seu ateliê na 213 Norte, onde mantém também a sua loja e o seu centro de produção.

Na primeira exposição, há 18 anos, a designer expôs oito joias e vendeu dez, já que duas foram encomendas. Nesta mesma exposição ela fez a sua primeira cliente no exterior, que até hoje leva as suas criações para Paris. Além da capital francesa, atende clientes em Nova York, São Paulo e Belo Horizonte. Na lista de clientes da marca perfilam professores universitários, empresários, políticos, procuradores, advogados, médicos, juízes e trendsetters. Entre os trabalhos produzidos pela designer estão colares, anéis, brincos, pulseiras, patuás, abotoaduras, pingentes e suas famosas mandalas. A empresária também cria alianças personalizadas com a participação dos noivos, que podem, inclusive, ajudar na confecção das peças.

Fotos das peças e de Vânia Ladeira: Graci Santiago
Fotos personalidades: Bruno Stuckert

Vânia Ladeira
CLN 213 Bloco A, loja 19 –  Asa Norte – Brasília, DF
Fone: 61 3349.0188
www.vanialadeira.com.br
contato@vanialadeira.com.br